segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

CRISTO NA BÍBLIA - 2º PEDRO (O CRISTO QUE HÁ DE VIR)

CRISTO NA BÍBLIA   (Pr. Eudes)
                               2º PEDRO  -  O CRISTO QUE HÁ DE VIR
Na sua primeira carta, Pedro enfatiza a obra redentora de Cristo Jesus, realizada na cruz do Calvário. Nessa obra, Cristo levou sobre si os pecados do seu povo, resgatando-o das garras do diabo e o colocando numa posição exaltada no que se refere à área espiritual. Aos cristãos dispersos no mundo de então, Pedro diz que eles eram o povo de Deus, geração eleita, sacerdócio real e nação santa, e povo de propriedade exclusiva de Deus (1 Pe 2.9). Na sua segunda carta, Pedro combate os falsos mestres que negavam a segunda vinda do Senhor e a necessidade de se viver uma vida santa baseada nas Sagradas Escrituras. Esses homens estavam no meio da igreja minando a sua esperança no futuro escatológico do povo de Deus. Ao escrever essa carta, Pedro visava encorajar aos irmãos a perseverarem numa vida de santidade e de um contínuo crescimento em Cristo Jesus. A segunda carta de Pedro tem as seguintes características: 1) contém uma das declarações mais contundentes da inspiração das Escrituras; 2) contém informações escatológicas semelhantes à epístola de Judas, que demonstra que o autor de Judas aproveitou as informações da segunda carta de Pedro; 3) o capitulo três de 2ª Pedro é um dos grandes textos que tratam da segunda vinda de Cristo, inclusive do consequente fim do mundo; 4) Pedro cita Paulo como escritor inspirado por Deus. Falando sobre a segunda vinda do Senhor, Pedro revela o plano de Deus para a terra e o universo que habitamos quando trata do Dia do Senhor: “Virá, entretanto, como ladrão, o Dia do Senhor, no qual os céus passarão com estrepitoso estrondo, e os elementos se desfarão abrasados; também a terra e as obras que nela existem serão atingidas”. 2 Pe 3.10.  Em seguida, ele exorta os crentes a se prepararem para esse grandioso evento, e diz o porquê disso: “Visto que todas essas coisas hão de ser assim desfeitas, deveis ser tais como os que vivem em santo procedimento e piedade, esperando e apressando a vinda do Dia de Deus, por causa do qual os céus, incendiados, serão desfeitos, e os elementos abrasados se derreterão.” 2 Pe 3.11,12. Depois, Pedro fala sobre novos céus e nova terra como consequência da renovação que Deus fará no universo, limpando-o da mancha do pecado. (2 Pe 3.13).
Pr. Eudes Lopes Cavalcanti




Nenhum comentário: